PESQUISAR

Você pensa em desenvolver sua carreira no agronegócio?

Tempo de Leitura: 10 minuto(s)

Publicado em 12 de Fevereiro de 2019. Por: SÉCULO XXI - CONVENIADA FGV.

TAG's: voce, pensa, desenvolver, carreira, agronegocio

Hoje em dia, o agronegócio é muito mais profissionalizado e dinâmico, sendo capaz de mudar e se transformar rapidamente. Porém, para que o agronegócio continue evoluindo, é fundamental que seu gestor também evolua. Nesse sentido, o desenvolvimento da carreira no agronegócio é essencial.

Num mundo mais globalizado, observamos que o agronegócio vem exigindo profissionais cada vez mais habilidosos e competentes, que devem ter ampla visão de mercado para contribuir com o crescimento e sucesso do negócio.

Assim, visando uma atuação mais eficaz da atividade, muitos gestores elaboram planos de desenvolvimento profissional ligados à carreira no agronegócio, pois julgam essa ação como fundamental.

Porém, nem todos os profissionais têm ciência sobre a real importância da gestão de carreira no agronegócio, enquanto outros não sabem como conduzir esse processo nem onde conseguir auxílio para seu desenvolvimento profissional dentro do agronegócio.

Se essa for a sua situação, aconselhamos que acompanhe este conteúdo. Nele você entenderá como o desenvolvimento pessoal e profissional – via gestão de carreira no agronegócio - contribuirá com o desenvolvimento do negócio de forma muito mais efetiva e assertiva.

Gestão de carreira no agronegócio: O que é?

Do ponto de vista técnico, a gestão de carreira é representada pela combinação de planejamento estruturado e a escolha ativa de gerenciamento dos próprios rumos profissionais, ou seja, é uma estratégia na qual são utilizadas técnicas para que se tenha uma melhor orientação dos rumos da carreira.

Explicação complicada e demasiadamente técnica? Realmente é... Mas vamos simplificar esse conceito.

Basicamente, a gestão de carreira é baseada em um planejamento consciente das atividades e engajamentos que são ligados a um indivíduo na projeção da sua vida profissional, possibilitando que ele se estruture, tenha uma melhor realização pessoal e profissional, além de conseguir maior crescimento e estabilidade financeira.

O conceito ligado à gestão de carreira pode ser adotado em todo tipo de atividade empresarial, mas vem ganhando bastante força dentro do agronegócio, principalmente em razão da grande importância desse setor na economia e da busca pelo maior profissionalismo de suas atividades.

Neste sentido, já são muitos os gestores do agronegócio que têm como objetivo o desenvolvimento pessoal com base em suas qualificações e habilidades, para que sempre estejam de acordo com as necessidades do mercado.

Gestão de carreira: Por que é tão importante?

Richard Whiteley, especialista em gestão de pessoas e autor de vários livros, explica que o sucesso de qualquer companhia depende da experiência dos clientes com os colaboradores da corporação, com estes atuando como verdadeiros “embaixadores da marca”.

“As companhias mais admiradas e mais rentáveis compartilham de um denominador comum: pessoas felizes”, diz Whiteley.

Mas para que toda essa felicidade se mantenha dentro da empresa, o plano de carreira é parte fundamental. Quando o plano de carreira é bem definido, é possível manter os colaboradores sempre motivados e alinhados aos objetivos empresariais, uma vez que eles têm a ciência de que podem crescer dentro da empresa.

O mesmo pode ocorrer no agronegócio, onde o investimento no desenvolvimento de profissionais fará com que se tenha maior comprometimento do indivíduo e maior produtividade na atividade.

A gestão de carreira no agronegócio também irá colaborar para a valorização dos profissionais da agroindústria, fazendo com que eles sejam seres pensantes e possuidores de talentos, conhecimentos, capacidades e anseios, dando a eles maior capacidade de contribuição para a produtividade e a lucratividade.

Porém, para que que o gestor consiga conduzir sua carreira no agronegócio de uma forma mais assertiva, é importante que alguns fatores sejam considerados. É o que veremos no tópico a seguir.

6 fatores para o sucesso da gestão de carreiras no agronegócio

Assim como em qualquer atividade empresarial, a gestão de carreira no agronegócio é baseada em sete fatores. São eles: Planejamento; Informações sobre o mercado; autoconhecimento pessoal e profissional; crescimento assertivo; networking; determinação e Marketing pessoal.

Veja brevemente algumas das características relacionadas a cada um desses fatores:

1. Planejamento

A gestão de carreira no agronegócio não é um processo único, ele ocorre (e deve ocorrer) durante toda a vida profissional. O gestor pode até ter um sonho e um objetivo que será alcançado lá na frente. Mas ele deve estar ciente que para chegar lá deve apostar no seu crescimento diário traçando metas de curto, médio e longo prazo.

Para que essas metas sejam corretamente traçadas e para que as medidas para o sucesso sejam seguidas, um bom planejamento será sempre a base de uma boa gestão de carreiras no agronegócio.

2. Informações sobre mercado

O profissional que está focado na gestão da sua carreira tem maior capacidade de aprender mais sobre o mercado em que está atuando. Dessa forma, essa pessoa se torna mais preparada e com mais “bagagem” do que seus concorrentes.

No contexto do agronegócio, essa informação do mercado se torna ainda mais relevante, visto que o agronegócio apresenta um cenário muito dinâmico, competitivo e com alto grau de risco. Sendo assim, ter o maior número de informações ajudará o profissional a entender o setor e a si mesmo, possibilitando que esteja sempre um passo à frente.

3. Autoconhecimento pessoal e profissional

Uma das principais vantagens do desenvolvimento de carreira no agronegócio é que o indivíduo passará por um processo de construção que mostrará quem ele é no âmbito pessoal e profissional, ou seja, ele fará um autoconhecimento sobre si mesmo e sobre o que ele pode agregar à atividade.

Esse processo de construção da carreira facilita o entendimento pessoal, mostrando se o caminho está ou não certo, além de suas virtudes e fraquezas. Com isso, o indivíduo conseguirá manter o que agrega valor a ele e ao negócio, além de corrigir o que precisa se adequar às necessidades tanto no âmbito pessoal quanto profissional.

4. Crescimento assertivo

Quando o planejamento da gestão de carreira no agronegócio é muito bem feito, o profissional fatalmente irá alcançar uma posição de destaque na sua instituição.

Esse crescimento assertivo será o que diferencia aqueles que alcançam uma posição de destaque daqueles que enfrentam problemas e crises em sua carreira. O crescimento que acontece dentro de um ritmo pré-definido é mais sólido, adiciona mais conhecimento ao profissional e o faz chegar ao seu objetivo.

5. Estabelecimento de networking

No agronegócio ou em qualquer outra atividade, os profissionais mais focados em atingir seus objetivos dentro da carreira são caracterizados por criar relações mais duradouras com outros profissionais, processo esse conhecido como networking.

No agronegócio, esse networking é ainda mais importante, visto que o gestor de uma empresa rural tem contato constante com fornecedores, compradores, professores, pesquisadores e colaboradores. Estes certamente vão agregar conhecimento ao gestor, que crescerá como pessoa e como profissional.

Dessa forma, estabelecer uma rede de relacionamentos é algo natural – mas essencial - para quem trabalha seu pensamento focado na gestão de carreira.

6. Determinação

Mesmo para aqueles indivíduos que se planejam continuamente, a vida profissional sempre será cheia de altos e baixos. No campo, essa variação é ainda mais comum, visto que o imprevisível sempre se faz presente. Por isso, muito foco, força mental e determinação são sempre exigidos.

Além disso, para chegar onde se deseja pessoalmente e profissionalmente, o gestor deve ser autoconfiante e resiliente, somente assim ele poderá superar obstáculos, progredir e alcançar o sucesso.

7. Marketing pessoal

“Seu nome é sua marca”. No ramo empresarial essa frase é bastante discutida, sendo de suma importância para o desenvolvimento de uma carreira no agronegócio, visto que muitos são aqueles profissionais que disputam espaço no mercado, principalmente em cenários que já estejam saturados. Por isso, se destacar “em meio à multidão” é fundamental.

É aí que entra o marketing pessoal. Esse processo é caracterizado por ser uma estratégia composta por ações cujo objetivo é qualificar a imagem do profissional e seus serviços no mercado de trabalho.

O segredo nesse sentido é se fazer notar. Para isso o profissional deve destacar positivamente suas habilidades, entregando valor e fazendo com que a impressão sobre o que ele é e aquilo que pode oferecer seja a melhor possível.

Conhecimento constante: Primordial para a carreira do gestor

“Conhecimento a mais nunca é demais”. Essa frase se enquadra perfeitamente no profissional que pensa continuamente no desenvolvimento da sua carreira no agronegócio.

Cair na armadilha da zona de conforto é um dos erros mais graves que um profissional não pode cometer na sua carreira, ou seja, o profissional em hipótese alguma pode dizer que “já sabe tudo”.

Nas atividades ligadas ao campo, essa estagnação profissional afasta o gestor do agronegócio de seus objetivos, faz com que ele não acompanhe a evolução da atividade e atrapalha seu desenvolvimento.

Portanto, o constante desenvolvimento e aprendizado é primordial para que o desenvolvimento da carreira do gestor seja constante. Buscar novas formações, fazer treinamentos, participar de palestras e workshops e aprender um novo idioma são só alguns pontos que permitem que o gestor sempre esteja em evolução.

Nesse sentido, vale uma pergunta: Que tal fazer um curso de MBA em agronegócio e abrir um imenso leque de conhecimento sobre o setor? Vale a pena pensar nisso.

Aproveite para seguir nossas páginas no Facebook e no LinkedIn e fique sempre por dentro de nossas novidades.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2019 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525