PESQUISAR

10 pontos para ter uma liderança de alta performance

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Você sabe quais elementos caracterizam uma liderança de alta performance? Além de ser responsável por delegar tarefas, dividir as responsabilidades e dar feedbacks, uma das responsabilidades do líder é fazer com que a equipe tenha um ótimo desempenho.

Com o mercado cada vez mais competitivo, a performance dos colaboradores é uma das grandes preocupações das empresas. E o líder é o profissional que exerce um papel crucial aqui.

Se você ocupa uma posição de liderança, fique sabendo que você deve conhecer os pontos necessários para garantir a alta performance da sua equipe. Conheça todos eles a seguir!

Conheça as 10 principais características da liderança de alta performance

1. Seja fonte de inspiração

Liderança de alta performance nada tem a ver com autoritarismo ou com aquela postura de chefe que só sabe dar ordens. Pelo contrário, um bom líder deve ser um profissional que motiva e ao mesmo tempo inspira os colaboradores.

Para isso, você também precisa ser o exemplo. De nada adianta cobrar certas atitudes da equipe se você não as promove no dia a dia. Você deve ter o tipo de comportamento que você espera que os funcionários tenham para que eles te admirem e sigam o exemplo.

2. Promova a cooperação

O ambiente corporativo já é naturalmente competitivo. Diante disso, evite ao máximo fazer com que os membros da equipe se sintam dentro de uma competição. Ressalte sempre que ninguém deve querer ser melhor do que ninguém, pois se trata de um time.

Sendo assim, a liderança de alta performance deve promover a cooperação e o trabalho em equipe. Isso porque todos precisam sentir que estão trabalhando juntos em busca dos mesmos objetivos. É a relação de confiança entre eles que vai permitir que as metas sejam alcançadas.

3. Defina objetivos claros

Como os colaboradores vão fazer um bom trabalho sem saber onde devem chegar? Os resultados entregues pela equipe dependem da definição de objetivos claros para todos os envolvidos. E quem deve fazer isso é o líder.

Se você é quem está à frente do time, saiba que essa responsabilidade é sua. Os objetivos devem ser apresentados com o maior nível de detalhamento possível. Além disso, é preciso estabelecer metas, prazos e indicadores para que o trabalho possa ser acompanhado de perto.

4. Diga o que espera da equipe

É comum encontrar nas empresas colaboradores que se sentem perdidos por não saberem quais são as expectativas de seus superiores. Quando isso fica claro para o profissional, ele consegue trabalhar com mais propósito.

A liderança de alta performance, já no começo de cada projeto, estabelece os critérios, regras e processos que devem ser seguidos por cada colaborador. Dessa forma, dificilmente vai haver motivos para frustração de ambos os lados.

5. Acredite no potencial dos colaboradores

Quando um profissional sente que a liderança confia no seu trabalho, a tendência é que eles deem o melhor de si. Ao mesmo tempo, é importante criar metas desafiadoras e mostrar que você acredita que elas possam ser alcançadas.

Afinal, a maior parte dos profissionais gosta de se sentir desafiada. E quando isso é feito com base na confiança, as dificuldades parecem ser muito menores porque o sentimento de motivação é muito mais forte.

6. Aprenda a priorizar

Um dos maiores objetivos a serem cumpridos pela liderança de alta performance é garantir a produtividade da equipe. Isso só é possível quando o líder sabe priorizar as tarefas que são mais importantes em cada época do ano ou etapa de um projeto.

Sobretudo quando o volume de trabalho é grande, a equipe corre o risco de se perder em meio às tarefas. Ou seja, os colaboradores devem ser orientados a seguir uma direção, priorizando uma coisa de cada vez para gerar resultados efetivos.

7. Comunique-se com a equipe

A comunicação clara entre o líder e os membros da equipe é fundamental para uma boa performance. Nada pior do que os colaboradores não ficarem por dentro dos detalhes dos projetos ou se sentirem perdidos. Portanto, é preciso ter um relacionamento baseado no diálogo franco.

Isso significa também tentar entender as principais dificuldades enfrentadas pelo time, colocar-se à disposição para tirar todas as dúvidas e mostrar que você está disposto a ajudá-los sempre que for preciso.

8. Assuma os erros

É humanamente impossível eliminar os erros, pois todos estão sujeitos a errar em algum momento. Assim, a liderança de alta performance precisa entender que as falhas acontecem. Mais do que isso, que elas são oportunidades de aprendizado para toda a equipe.

O líder deve saber também assumir os próprios erros. Não é porque você está em uma posição mais alta que não está sujeito a falhar uma hora ou outra. Quando há honestidade, a performance dos colaboradores tende a ser melhor, pois eles não precisam ter medo de se arriscar.

9. Fique atento aos sinais de equipe

Já parou para pensar se você nota quando as pessoas estão sobrecarregadas? Consegue perceber que um colaborador está desmotivado ou desanimado no ambiente de trabalho? Esses são apenas alguns dos sinais para os quais a liderança de alta performance deve se atentar.

Se esses problemas não são resolvidos o quanto antes, o risco é que eles virem uma bola de neve. Sendo assim, esteja sempre alerta aos sinais para conseguir reconhecer quando alguém precisa da sua ajuda.

10. Ensine o que sabe

Um bom líder deve sempre se lembrar de que ele também deve orientar os colaboradores, instruir e ensinar o que sabe. Você jamais deve ter receio de compartilhar seus conhecimentos com outros profissionais.

Esteja sempre disposto a tirar dúvidas e apoiar os colaboradores a desempenhar as tarefas mais complicadas. Rapidamente você vai perceber o quanto isso é benéfico para a performance de todos eles.

Então, você possui essas características? Caso alguma delas ainda não esteja presente no seu dia a dia, comece a colocá-las em prática o quanto antes. Aos poucos, você vai observar as mudanças no desempenho da sua equipe e exercer a liderança de alta performance com a qual você sempre sonhou.

Quer ter acesso a outros conteúdos úteis sobre gestão de pessoas? Não deixe de conferir os outros posts disponíveis aqui no blog da Século XXI Conveniada FGV!

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2020 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525