PESQUISAR

Entenda as áreas de conhecimento do PMBOK

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Publicado em 21 de Maio de 2020. Por: SÉCULO XXI - CONVENIADA FGV.

TAG's: entenda, areas, conhecimento, pmbok

O PMBOK (Project Management Body Of Knowledge) pode ser considerado o guia sagrado dos profissionais de gerenciamento de projetos. As áreas de conhecimento do PMBOK abrangem os pontos mais cruciais e apresentam as melhores práticas da área.

Elaborado pela instituição internacional mais renomada da área, o PMI (Project Management Institute), esse longo referencial prático e teórico ajuda você a planejar, executar e controlar todas as fases de um projeto. Além de contar com a contribuição de profissionais do mundo inteiro, o PMBOK apresenta o conteúdo de forma bastante didática.

Nele, você encontra os melhores métodos, técnicas e processos para fazer uma gestão cada vez mais eficaz e estratégica dentro da empresa. Portanto, continue lendo para descobrir quais são as áreas de conhecimento do PMBOK!

Por que todo gestor de projetos deveria contar com o PMBOK?

Dos mais simples aos mais complexos, os projetos sempre apresentam novos desafios aos gestores. Boa parte deles pode ser superada por meio da padronização de processos e o estabelecimento de diretrizes claras dentro da empresa. E é aqui que o PMBOK faz toda a diferença.

O guia ajuda os gestores a introduzirem uma metodologia padrão na organização, o que garante maior confiabilidade e também qualidade para o gerenciamento de projetos. Ao mesmo tempo, a produtividade e a rentabilidade aumentam, fica mais fácil planejar e controlar recursos e assegurar a eficiência ao longo de todo o ciclo de vida dos projetos.

Conheça as 10 áreas de conhecimento do PMBOK

1. Integração

Para que um projeto mantenha sua sincronia, é fundamental que os processos estejam integrados, pois isso favorece o trabalho em busca de um objetivo comum. Dessa maneira, o gestor precisa identificar, combinar, unificar, monitorar, coordenar e registrar os documentos das áreas de conhecimento do PMBOK.

A comunicação clara com todos os envolvidos no projeto é um dos elementos-chave da integração. Por meio dela, o gestor consegue negociar a alocação de recursos, gerenciar os conflitos de interesses e os objetivos conflitantes.

2. Escopo

O gerenciamento do escopo é a área de conhecimento responsável por garantir que todo o trabalho necessário faça parte do projeto. Afinal, ele precisa incluir as atividades a serem realizadas pelas equipes para entregar um serviço ou produto, evitando que o escopo tenha que ser ampliado ao longo do caminho.

Ainda, da mesma maneira que nenhuma atividade deve ficar de fora, também é preciso evitar que outras desnecessárias façam parte do escopo do projeto. Do contrário, a empresa corre o risco de desperdiçar tempo e recursos.

3. Cronograma

Outra das áreas de conhecimento do PMBOK fundamentais para o sucesso de qualquer projeto é o gerenciamento do cronograma. Com base nele, o gestor organiza a série de eventos que devem ser realizados para atender os prazos.

O cronograma ainda inclui mais detalhadamente as datas de entrega de cada tarefa, evitando que o projeto sofra com atrasos. No entanto, ao longo do tempo, caso necessário, ajustes nos prazos podem ser feitos.

4. Custo

O orçamento costuma ser uma das maiores preocupações dos gestores. Afinal de contas, o projeto precisa ser realizado com os recursos financeiros disponíveis, ou seja, deve estar dentro do orçamento previamente aprovado. Isso inclui materiais, equipamentos, serviços, mão de obra, entre outros.

Além de abordar a estimativa de custos para a execução do projeto, essa área de conhecimento apresenta os melhores métodos para determinar o orçamento e controlar os gastos ao longo de todo o ciclo.

5. Qualidade

O gerenciamento de qualidade é mais uma das áreas de conhecimento do PMBOK. Como você deve imaginar, aqui são descritos os processos necessários para que o projeto atinja os objetivos traçados no início.

Assim, são determinadas as políticas e normas de qualidade que devem ser seguidas, auditoria para garantir que o projeto está sendo feito como planejado e por aí vai. Dessa forma, a empresa não corre o risco de entregar um produto ou serviço ruim.

6. Recursos humanos

Os profissionais que participam do projeto são, sem dúvida, os recursos mais importantes. Sem eles, nenhum projeto consegue ser tirado do papel. Sendo assim, todos devem ser envolvidos desde as primeiras fases.

Mais do que fortalecer o comprometimento, essa área de conhecimento do PMBOK aborda outros pontos fundamentais relacionados aos recursos humanos, como a descrição das melhores habilidades de cada um para que as experiências e o conhecimento da equipe sejam utilizados da maneira mais eficiente possível.

7. Comunicações

Esta é uma das áreas de conhecimento do PMBOK mais importantes, pois afeta todas as outras. Ela trata sobre os processos cruciais para que as informações sejam coletadas, armazenadas, distribuídas e usadas de forma apropriada.

Isso significa que a maneira como as informações são transmitidas deve ser definida assim como o nível de detalhamento, o conteúdo e o formato. Até mesmo a responsabilidade por comunicar certas informações precisa ser atribuída aos gestores.

8. Riscos

Todo projeto apresenta riscos para a empresa. Ainda que eles não sejam tão severos, o gerenciamento de riscos é outra das áreas de conhecimento do PMBOK que não fazem parte do guia à toa.

Além de identificar possíveis riscos, os processos incluem a elaboração de um plano de resposta para caso um problema possa aparecer. Ainda, são feitos o monitoramento e controle dos riscos com o objetivo de reduzir os impactos negativos de tais eventos.

9. Aquisições

Embora uma empresa possa ser compradora e ao mesmo tempo vendedora de resultados, serviços ou produtos de um projeto, o PMBOK trata sobre o gerenciamento de aquisições a partir da perspectiva do comprador.

Aqui, a ideia é apresentar os processos que devem ser seguidos para a aquisição de matéria-prima, serviços e outros produtos para a realização do projeto. Essa área também aborda a gestão de contratos.

10. Partes Interessadas

Embora esta seja uma das mais novas áreas de conhecimento do PMBOK, ela não deve ser vista como menos importante do que as outras. Os processos dessa área ajudam a identificar, planejar, engajar e gerenciar os stakeholders, ou seja, todos os que podem ser impactados pelas atividades e resultados do projeto.

O propósito é conhecer a opinião das partes interessadas em relação à empresa e fortalecer o comprometimento delas por meio de estratégias usadas para reconhecer e gerenciar as expectativas de cada uma das partes.

Se você trabalha com gerenciamento de projetos, saber mais sobre as áreas de conhecimento do PMBOK é algo que faz uma grande diferença no seu dia a dia profissional. Para você se destacar ainda mais, vale a pena investir em uma certificação de peso.

Clique aqui e veja como obter a certificação PMP, o atestado profissional mais importante para os gestores de projeto!

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2020 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525