PESQUISAR

Quais critérios usar para escolher um MBA?

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Publicado em 10 de Julho de 2019. - Atualizado em 23 de Julho de 2019 às 15:50. Por: SÉCULO XXI - CONVENIADA FGV.

TAG's: quais, criterios, usar, escolher

Diante de um momento tão complexo, em que a competitividade do mercado de trabalho é cada vez maior, os profissionais buscam formas de se destacar dos demais. E escolher um MBA é uma das formas de fazer isso.

O curso não apenas amplia a bagagem de conhecimento em áreas específicas como também contribui para o networking. Tudo isso é fundamental para subir alguns degraus na carreira e conquistar melhores posições nas empresas.

Quando você investe em qualificação, as organizações notam a sua preocupação em evoluir e alcançar objetivos cada vez maiores. Mas, nessa hora, a dúvida costuma ser sempre a mesma: como escolher um MBA?

Confira aqui alguns aspectos que você deve avaliar para fazer essa escolha tão crucial para o seu futuro. Está esperando o quê? Continue lendo!

8 critérios para você considerar ao escolher um MBA

1. Objetivos de carreira

Antes de escolher um MBA, pare e pense no que você espera desta formação e quais são seus objetivos profissionais. Veja se o que você prioriza é o aprendizado, o networking, as chances de ser promovido ou de receber um aumento salarial.

De nada irá adiantar fazer um MBA que não tenha a ver com as metas traçadas para a sua carreira. Por isso, coloque no papel o que você planeja para o seu futuro profissional. Dessa maneira, fica mais fácil identificar o curso que esteja mais alinhado aos seus objetivos.

Trata-se de um investimento significativo e que demanda bastante esforço. Sendo assim, é preciso ser algo com propósitos claros. Quando se sentir mais seguro em relação à área escolhida para o MBA, você pode começar a avaliar as instituições de ensino.

2. Reputação da instituição

Ao fazer a pesquisa sobre os cursos disponíveis, você verá que instituições de ensino oferecendo MBAs em diferentes áreas não faltam. Com tantas opções, como saber quais as melhores?

Todos os cursos devem cumprir certos requisitos estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Nas instituições consolidadas e com boa reputação, a probabilidade de elas atenderem às exigências costuma ser maior. Mas sempre verifique antes de se matricular.

Além do nível de conhecimento adquirido durante o curso, o nome da instituição é algo que impacta as avaliações de currículo. Afinal, dependendo de qual for, os recrutadores sabem que podem ter plena confiança na formação do candidato.

3. Qualificação do corpo docente

Outro critério que você deve utilizar ao escolher um MBA é a qualificação dos professores responsáveis por ministrar as disciplinas. Faça uma avaliação dos docentes. Caso a instituição não forneça todas as informações sobre a carreira dos profissionais, acesse a Plataforma Lattes. Ela funciona como um banco de dados dos currículos acadêmicos de professores e pesquisadores do Brasil. Lá você encontra a formação acadêmica, experiências profissionais, trabalhos publicados, participação em congressos, etc.

E por que isso importa tanto para escolher um MBA? Você obviamente deve estar preocupado em garantir que os professores sejam referências na área do curso. Mas os motivos vão além disso, pois o MEC define que metade do corpo docente deve ter o título de mestre ou doutor. E os outros 50% devem ter feito pelo menos uma especialização.

4. Certificação

Se o que você quer é ter plena certeza sobre a qualidade do curso e da instituição onde pretende estudar, veja se o MBA possui uma certificação internacional. Isso pode funcionar como um critério de escolha caso você esteja inseguro.

Para os mais reconhecidos, vários aspectos diferentes são avaliados e não apenas o currículo do curso. A estrutura da instituição, a metodologia utilizada e os professores também são levados em consideração.

5. Carga horária

Você também deve levar em consideração a carga horária do curso ao escolher um MBA. De acordo com o MEC, os cursos de especialização – categoria em que o MBA se insere – devem ter uma carga horária de, no mínimo, 360 horas. Verifique esta informação com a instituição de ensino.

Não se esqueça de checar os dias e horários das aulas. Isso porque de nada adianta se matricular em um curso que não se encaixe na sua rotina. Sem dar muita atenção a isso, muita gente acaba sofrendo para continuar os estudos ou mesmo largando a formação no meio do caminho.

Lembre-se ainda de que você precisará reservar algumas horas para estudar para as provas e fazer trabalhos. Mas não se preocupe tanto! Se você se organizar direitinho, conseguirá fazer o curso com tranquilidade.

6. Metodologia

Outro fator importante para descobrir qual é o melhor curso de MBA para você é a metodologia utilizada. Confira todos os detalhes do programa, os métodos empregados em sala de aula, como os conteúdos são trabalhos e por aí vai.

Veja também quais disciplinas compõem a grade curricular para escolher um MBA que atenda as suas necessidades e dê ênfase às áreas pelas quais você tem mais interesse. Geralmente, essas informações estão disponíveis nos sites das instituições de ensino.

7. Perfil dos participantes

Além das aulas, o perfil dos colegas de classe também impacta bastante a sua formação e, portanto, deve ser considerado ao escolher um MBA. Um dos maiores benefícios para a vida profissional dos participantes é a oportunidade de trocar experiências com outras pessoas.

Geralmente, quem se matricula em um MBA já está inserido no mercado há um tempo. Durante o curso, o que se espera é que todos possam contribuir para a formação dos colegas por meio das próprias vivências.

Por isso, faça uma investigação do perfil dos alunos, em que ramo trabalham, que tipo de experiências possuem, etc. Outra maneira de descobrir mais informações é conversar com ex-alunos e perguntar como o curso de MBA beneficiou a carreira deles.

8. Experiência internacional

Para quem planeja trabalhar no exterior, escolher um MBA que ofereça a possibilidade de fazer um módulo do curso fora do país é um importante diferencial. É uma maneira de adquirir bagagem internacional e com o apoio de uma instituição de ensino que pode ter parcerias em outros países.

Mesmo que você não tenha o objetivo de sair do Brasil, esta é uma experiência enriquecedora. Tanto que muitas empresas a veem como algo decisivo para contratar alguém ou até mesmo oferecer uma promoção, aumento e novas oportunidades.

Quer saber mais sobre os cursos de MBA? Visite o site da Século XXI Minas, conveniada FGV, e veja tudo o que ela pode te oferecer

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2019 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525