PESQUISAR

Afinal, o que é o câncer de mama

Tempo de Leitura: 5 minuto(s)

O INCA, Instituto Nacional de Câncer é um órgão do Ministério de Saúde do Brasil voltado a ações nacionais integradas para o controle e prevenção da neoplasia, o câncer. No site da instituição estão disponíveis muitas informações acerca do câncer, e foi lá que encontramos a explicação sobre a doença.

“Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores (acúmulo de células cancerosas) ou neoplasias malignas. Por outro lado, um tumor benigno significa simplesmente uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida. ”

E o câncer de mama?

Ainda segundo o INCA, o câncer de mama, como o próprio nome já diz, afeta as mamas, que são glândulas formadas por lobos, que se dividem em estruturas menores chamadas lóbulos e ductos mamários. E, devido a rapidez com que as células de dividem e atingem outras células é que a prevenção ao câncer de mama, a conscientização para o diagnostico precoce se fazem tão importantes.

Câncer de mama - outubro rosa

Como um tipo de câncer, nem todo tumor é maligno, a maioria dos nódulos (ou caroços) detectados na mama é benigna, mas isso só pode ser confirmado por meio de exames médicos. 

Existem diversos tipos e subtipos de câncer de mama. No geral, o diagnóstico leva em conta alguns critérios: se o tumor é ou não invasivo, seu tipo histológico, avaliação imunoistoquímica e seu estadio (extensão). 

O câncer de mama não invasivo é aquele que está contido somente em algum ponto da mama. O tipo invasivo acontece quando essa membrana se rompe e as células cancerosas invadem outros pontos do organismo. 

 O tipo histológico é como se fosse o nome e o sobrenome do câncer. Os tipos histológicos se dividem em vários subtipos, de acordo com fatores como a presença ou ausência de receptores hormonais e extensão do tumor. 

A avaliação imunoistoquímica para o câncer de mama avalia se aquele tumor tem os chamados receptores hormonais. Esses receptores fazem com que o determinado hormônio seja atraído para o tumor, se ligando ao receptor e fazendo com que essa célula maligna se divida, agravando a doença.

A extensão estadiamento do câncer pode ser dividida em quatro estágios:

  • Estadio 0: as células cancerosas ainda estão contidas nos ductos, por isso o problema é quase sempre curável

  • Estadio 1: tumor com menos de 2 cm, sem comprometimento das glândulas linfáticas da axila

  • Estadio 3: nódulo com mais de 5 cm que pode alcançar estruturas vizinhas, como músculo e pele, o que não é indicio de que o câncer tenha se espalhado pelo corpo

  • Estadio 4: tumores de qualquer tamanho com metástases, que já estão espalhando pelo corpo e, geralmente, há comprometimento das glândulas linfáticas.

No Brasil cerca de 60 a 70% dos casos são diagnosticados em estadio 3 ou 4, o que reforça mais uma vez a importância da campanha Outubro Rosa

 

Quais os fatores que colocam a mulher em risco?

Os principais fatores de risco para o câncer de mama são:

  • Histórico familiar

Avaliação do número de casos anteriores de câncer de mama na família e o grau de parentesco;

  •     Idade

Mulheres de 40 a 69 anos são principais vítimas, mas a partir dos 50 anos os riscos aumentam;

  • Menstruação precoce

É na menstruação que a mulher passa a produzir em maiores quantidades o estrógeno, hormônio responsável por facilitar a proliferação desordenada de células mamárias, resultando em um tumor.

  • Menopausa tardia

Enquanto a menstruação não cessa, os ovários continuam a produzir o estrógeno, deixando as glândulas mamárias mais expostas ao crescimento celular desordenado;

  • Reposição hormonal

A reposição - principalmente de esteroides, como estrógeno e progesterona - pode aumentar as chances de câncer de mama;

  • Colesterol alto e Obesidade

São comorbidades que podem influenciar e acelerar o processo da doença.

Se você tem alguns desses fatores é imprescindível que seu cuidado seja maior com suas mamas e opte sempre por um acompanhamento junto ao seu ginecologista.

Outubro Rosa é uma campanha de prevenção e conscientização do câncer de mama. A Século XXI apoia essa causa.

Descobri o câncer de mama, e agora? Saiba como proceder.

Nós da Século XXI almejamos com estes últimos conteúdos apoiar o Outubro Rosa, para que a informação chegue a mais mulheres, e o câncer de mama alcance números mais positivos de cura.

Compartilhe estes conteúdos com as mulheres do seu círculo, ajude-nos a fortalecer essa corrente.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2018 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525