PESQUISAR

5 ferramentas essenciais para fazer o diagnóstico da sua empresa

Tempo de Leitura: 5 minuto(s)

Publicado em 26 de Setembro de 2016. - Atualizado em 8 de Março de 2017 às 17:53. Por: SÉCULO XXI - CONVENIADA FGV.

TAG's: otimas, ferramentas, diagnostico, empresa

Conheça os instrumentos adequados para avaliar seu negócio e construir um planejamento estratégico mais eficaz.
Fazer o check-up do empreendimento é essencial para a construção de um bom planejamento estratégico. E com o auxílio de algumas ferramentas estudadas no curso de MBA Gestão Empresarial, é possível avaliar todas as áreas do negócio: finanças, produção, recursos humanos, vendas, tecnologia, entre outras. Assim, fica mais fácil identificar pontos fracos e fortes, corrigir problemas e consolidar qualidades para obter sempre os melhores resultados.
Fundamentais no dia a dia de um gerente de projetos e de grandes executivos, essas ferramentas de análise promovem uma visão completa e exata da organização, simplificando a tomada de decisões. Conheça agora alguns instrumentos incríveis de diagnóstico para sua empresa:

Diagnóstico empresarial: 5 ferramentas práticas para avaliar um negócio

1 - Análise SWOT

Muito conhecida no meio empresarial, essa ferramenta analisa os ambientes interno e externo de maneira clara e objetiva. Seu desenvolvimento é simples e envolve a listagem das forças e fraquezas do empreendimento, bem como das oportunidades e ameaças que podem incidir sobre ele.
Quando esses fatores são registrados, analisados e cruzados, pode-se observar a real situação da empresa, estabelecer precisamente seu posicionamento no mercado e elaborar estratégias eficazes, visando a consolidação dos pontos fortes, a correção das características negativas, o bom aproveitamento das oportunidades e a diminuição das ameaças. A Matriz análise SWOT é organizada assim:

Quer saber mais? Confira nosso conteúdo especial com a maneira mais simples de entender análise SWOT.

2 - Balanced Scorecard

Esse instrumento propicia a avaliação de performance do negócio e serve de suporte para decisões estratégicas. Conhecido pela sigla BSC, o modelo de indicadores balanceados de desempenho é usado em todo o mundo por empreendimentos dos mais variados setores e possibilita a representação das perspectivas básicas de funcionamento organizacional: finanças, clientes, processos internos e aprendizado/crescimento.

A análise desses quatro aspectos promove um diagnóstico oportuno da empresa e permite estabelecer estratégias para manter tais pilares em equilíbrio, por meio do balanceamento de objetivos, indicadores/metas e iniciativas.
Para saber mais, acesse nosso conteúdo Balanced Scorecard: compreenda, aplique e veja sua empresa crescer.


3 - Matriz de Porter

Permite a análise cuidadosa do ambiente ao redor da empresa, por meio da avaliação de cinco forças básicas: o poder de barganha dos clientes, o poder de barganha dos fornecedores, a ameaça de novos entrantes, a ameaça de produtos substitutos e a rivalidade entre concorrentes.
Essa simples matriz, também conhecida como 5 forças de Porter, é bastante positiva para a observação detalhada do cenário competitivo. Basta organizar as informações desse modo:

A partir desse exame é possível compreender quais são realmente os atributos fortes do negócio e em quais pontos a empresa sobressai à concorrência, o que facilita a organização de estratégias de atuação e crescimento. Conheça mais detalhes sobre a aplicação dessa ferramenta em nosso conteúdo Fortaleça seu negócio com as forças de Porter.

4 - Matriz BCG

Indicado para organizações que já têm uma carteira de produtos ou serviços, esse instrumento é ótimo para realizar a gestão de marcas e estabelecer estratégias pontuais, pois permite a identificação da atividade que gera mais caixa e exige menos manutenção.
Essa metodologia está relacionada ao ciclo de vida de produtos, bem como sua participação e crescimento no mercado. Trata-se de uma apreciação gráfica dos produtos ou negócios de uma empresa, organizada da seguinte maneira:

Veja mais sobre essa ferramenta de diagnóstico empresarial em nosso conteúdo Matriz BCG: entenda o que é e como aplicar.

5 - Matriz GUT

Um bom planejamento estratégico é aquele que tem prioridades estabelecidas adequadamente. A Matriz GUT é uma excelente ferramenta para gestores, pois organiza problemas e outros fatores empresariais de acordo com três critérios básicos: Gravidade, Urgência e Tendência. Confira um exemplo:

Cada item listado recebe uma nota de 1 (menos grave) a 5 (muito grave), de acordo com os três critérios. Em seguida, os valores são multiplicados e o resultado final indica a prioridade de cada questão. A Matriz GUT também possibilita a eleição bem ordenada de ações de marketing, obras de manutenção, custos, investimentos e estratégias administrativas.
Para deixar você por dentro do assunto, preparamos um conteúdo com tudo que você precisa saber sobre Matriz GUT.

Problema Gravidade Urgência Têndencia GUT Prioridade
Manutenção dos equipamentos 3 4 3 36
baixa qualificação dos funcionários 4 5 4 40

Revisão das rotas de distribuição 1 1 2 2

 

Agora que você já conhece bons instrumentos de análise de negócios, coloque em prática o que aprendeu para conquistar melhores resultados.
Gostou da nossa lista de ferramentas de diagnóstico para empresa? Então, compartilhe com os amigos!

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2018 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525