PESQUISAR

8 sinais de que sua carreira no RH precisa de um upgrade

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Foi-se o tempo em que o RH era responsável apenas por contratar novos colaboradores e lidar com os processos burocráticos. Hoje, para ser reconhecido na carreira no RH, o profissional precisa de muito mais preparo, formação na área e inúmeras qualidades.

Apesar disso, vários profissionais ainda carecem de determinadas habilidades necessárias para conseguir crescer sua carreira no RH. Quer descobrir se você se enquadra nesse grupo? Então confira abaixo!

Carreira no RH: 8 sinais que mostram que é hora de investir em você

1. Falta de preparo para o cargo de gestão

Todo profissional comprometido com a carreira no RH deve estar devidamente preparado para assumir as responsabilidades e tarefas do cargo de gestor de pessoas. O grande problema é que nem sempre isso acontece. Se você tem se deparado todos os dias com obstáculos para exercer a função, é preciso ter atenção.

Saber administrar os recursos humanos da empresa é algo fundamental para o sucesso de qualquer organização. Quando o profissional de RH tem uma visão restrita da área, a eficácia da gestão fica comprometida, afetando os resultados do negócio. Para evitar essa situação, é necessário investir em conhecimento.

2. Dificuldade de identificar problemas

Uma importante função do gestor de RH é saber identificar os problemas enfrentados pelos colaboradores e oferecer o devido suporte para que eles sejam resolvidos. Trata-se de um trabalho constante e de caráter evolutivo, já que um dos objetivos é desenvolver os profissionais.

Não tem conseguido apontar os problemas da equipe? Saiba que isso é um sinal de que você precisa adquirir novas habilidades. Por meio de métodos, processos e técnicas de RH, o gestor é capaz de encontrar as dificuldades e ajudar os colaboradores a superá-las. Tudo isso impacta os resultados das equipes.

3. Equipe desmotivada

Vivemos em uma era na qual a motivação se tornou um dos lemas do mundo corporativo. Isso porque as empresas foram aos poucos percebendo a relevância desse fator para os resultados do negócio. A equipe tem estado desmotivada e você não sabe qual atitude deveria tomar?

Caso isso esteja acontecendo com você, saiba que existe uma lacuna a ser preenchida na sua carreira no RH. Afinal, o gestor é quem deve ter os conhecimentos necessários para, em primeiro lugar, reconhecer a desmotivação entre a equipe e, depois, para descobrir o que precisa ser mudado na empresa.

4. Insegurança na tomada de decisão

Ninguém pode afirmar que tomar decisões dentro de uma organização é algo fácil, pois não é. Porém, todos os gestores, seja de qual área forem, devem estar preparados para isso. No caso da carreira no RH, o gestor deve se sentir seguro na hora de fazer decisões em relação ao quadro de funcionários.

Como responsável pela área, ninguém melhor do que você para tomar as decisões mais importantes, certo? Se você ainda se sente inseguro, algo está errado ou demandando certos ajustes. Isso porque não estamos falando sobre uma decisão com base em opiniões, mas fundamentada em uma avaliação detalhada do capital humano da empresa.

5. Desconhecimento dos novos processos de RH

Ao confiar em um médico para cuidar da nossa saúde, esperamos que ele seja um profissional atualizado. Ou seja, que está em dia com os novos exames para diagnóstico de doenças, tratamentos e medicamentos mais modernos. Esse pensamento pode ser aplicado em diversas profissões, inclusive na sua carreira no RH.

Por mais que os processos usados até então estejam de uma maneira ou outra “dando certo”, isso não significa que você deve seguir os mesmos para sempre. Constantemente, novos processos de RH surgem para aumentar a eficiência da gestão e, por isso, você não pode deixar de conhecê-los.

6. Ausência de métricas

Especialmente em períodos de orçamento enxuto, os departamentos da empresa precisam ter meios de provar a importância do trabalho realizado para a liderança. Do contrário, as áreas correm o risco de serem desvalorizadas. Você sente que o departamento de RH deveria ser mais valorizado?

Em vez de querer convencer os líderes da empresa, o melhor a se fazer é provar, por meio de dados, que o trabalho da gestão de pessoas é essencial. Uma das formas de fazer isso é por meio de métricas que validem o trabalho que vem sendo realizado.

7. Visão fragmentada

Se você é do tipo que só sabe priorizar aspectos de RH nas reuniões e conversas com os demais departamentos da empresa, fique sabendo que é hora de mudar essa visão. Isso porque nenhuma área é capaz de ter sucesso sozinha, pois todas dependem umas das outras.

A gestão do RH deve estar alinhada ao planejamento estratégico da organização e jamais ser baseada em uma visão fragmentada. Para isso, além de saber gerir pessoas, você também precisa conhecer mais a fundo o funcionamento do negócio como um todo.

8. Necessidade de desenvolvimento profissional

Nós estamos sempre nos desenvolvendo não apenas como profissionais mas também como pessoas. Se você tem notado que, nos últimos tempos, não tem adquirido novos conhecimentos e habilidades, talvez você esteja precisando investir mais em você mesmo.

Por mais que seja possível aprender coisas novas na empresa, para que você tenha uma carreira positiva no RH, é necessário sair em busca de novidades de maneira proativa. Mas como? Invista em qualificação profissional, faça novos cursos e tenha outras atividades que possam contribuir para o seu crescimento.

Faça uma formação especializada

Depois de identificar esses sinais, você deve ter notado o quão fundamental é ter uma formação mais especializada na área. Por isso, se você estiver enfrentando essas dificuldades apresentadas aqui, comece a buscar sua qualificação o quanto antes.

Os cursos destinados a gestores de pessoas visam desenvolver as habilidades que esses profissionais precisam para adquirir uma visão humana e estratégica do RH. Para isso, os estudantes conhecem as técnicas e ferramentais de gestão mais atuais e aprendem a desenvolver aspectos que favorecem os relacionamentos interpessoais.

Além disso, o curso também trabalha temas como: qualidade pessoal, comunicação, comportamento, liderança, negociação, assertividade, processos decisórios, resolução de conflitos, ética, aprendizagem, criatividade e papéis nos âmbitos profissional e pessoal. Dessa maneira, fica muito mais fácil lidar com os desafios organizacionais mais complexos da área.

Quer investir na sua carreira no RH? Clique aqui e saiba mais sobre o MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores!

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Comentários:

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial

© 2019 - Todos os direitos reservados

Fundada em fevereiro de 2000, a Século XXI Desenvolvimento Organizacional Ltda. é uma empresa com atuação na área de prestação de serviços em Educação Continuada e Consultoria, com foco no setor empresarial. É conveniada da Fundação Getulio Vargas - FGV Management para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Alto Paranaíba, do Estado de Minas Gerais.

Século XXI Conveniada FGV - Cursos de MBA, Gestão Empresarial, Gestão Comercial, Avenida São Vicente, 469 - 1º andar - Centro
Tel.: +55 (37) 3212-9525